Impactos Setoriais com a Reforma Tributária

A CCIF fez uma nota técnica em que apresenta projeções dos impactos macroeconômicos, setoriais e distributivos que a reforma tributária gerará na economia. O trabalho constrói um modelo que possui 86.628 equações e 95.205 variáveis, para simular alguns cenários com a reforma tributária. 

O primeiro é o cenário padrão, com a reforma tributária sem impostos seletivos sobre fumo, bebidas e combustíveis fósseis. O segundo é o cenário base, considerando estes impostos seletivos que reduzem externalidades negativas.

Os demais cenários, além dos impostos seletivos, incluem outros efeitos da reforma tributária sobre a produtividade que não são capturados pela simulação base – tais como a redução de custos administrativos e do contencioso tributário, bem como a correção de distorções geográficas na alocação de capital. Tais simulações tomaram por referência outro trabalho da CCIF, que estima um aumento da produtividade total dos fatores de 14,4% em 15 anos e 16,4% no longo prazo com a reforma. 

Os resultados das simulações foram que para o cenário otimista, haverá um aumento de cerca de 25% no consumo das famílias, 25% no investimento, 17% nas exportações, 16% nas importações, 18%, 26% e 18% nas atividades setoriais da agropecuária, indústria e serviços, respectivamente. Ainda, foi estimado uma redução do custo de insumos de 15%, 11% e 12% para os setores agropecuária, indústria e serviços, respectivamente. 

Finalmente, o estudo mostrou que num cenário otimista, ocorre uma melhora no bem-estar de cerca de 17% para famílias com menos de 6 salários mínimos e 16% para famílias que ganham mais de 30 salários mínimos. É importante observar, que mesmo considerando uma reforma sem impostos seletivos e sem considerar aumento de produtividade, a melhora no bem-estar tem uma correlação negativa com o nível da renda.  Ou seja, quem ganha menos, terá um aumento maior de bem-estar para todos os cenários considerados.

Os resultados podem ser observados nos gráficos e tabelas abaixo:

Leia mais!

Esporte é inclusão social: de valores olímpicos a oportunidades de vida

A prática esportiva é muito mais do que a atividade física propriamente dita. Para além da melhora na qualidade de saúde, o esporte se torna uma verdadeira escola na vida dos praticantes: ensina valores e disciplina. É um meio de aprender a ganhar e perder, ter garra, resistência e vontade de continuar. Em tempos olímpicos, ao vibrar com as conquistas dos atletas brasileiros, fica ainda mais claro o potencial do esporte como elemento de inclusão social.

Leia mais »

Por que o piso salarial é ruim?

Uma emenda de minha autoria à MP do Ambiente de Negócios revoga a lei 4.950-A/1966, que estabelecia piso salarial mínimo para profissionais formados em Engenharia, Química, Arquitetura e Urbanismo, Agronomia e Veterinária. A Emenda já foi aprovada no plenário da Câmara dos Deputados, mas ainda vai ser votada no Senado Federal.

Leia mais »

O Brasil se prepara para o maior investimento em saneamento básico da sua história, entenda por que

O saneamento básico influencia diretamente no senso de dignidade das pessoas e na saúde das famílias, mas a cobertura de saneamento no Brasil ainda é precária. Dados do Ranking do Saneamento 2021, apontam que quase 35 milhões de habitantes não têm acesso a serviços de água tratada, 100 milhões não contam com coleta de esgoto e quase metade (49%) do esgoto gerado no país não recebe tratamento.

Leia mais »

Vencer o custo Brasil é desafio para o empreendedor campineiro​

Campinas é uma cidade inovadora, considerada um polo de desenvolvimento científico e de empreendedorismo. Em 2019, a cidade figurou no Ranking Connected Smart Cities como a mais inteligente e conectada do Brasil, mas o espírito inovador enfrenta alguns desafios de ordem burocrática que dificultam a criação de novos negócios. Essas dificuldades são expressão do custo Brasil, fator limitador que os empreendedores têm que superar a fim de criar e gerir seus negócios.

Leia mais »

Entenda o que é Custo Brasil

Frequentemente vimos estampado nas manchetes dos jornais a expressão “Custo Brasil”, esse se tornou um termo muito usado, que agrupa um conjunto de fatores que encarecem cada vez mais produtos e serviços no país, tirando a nossa competitividade diante do mundo.

Leia mais »

Acompanhe e Compartilhe!

Me siga nas redes sociais.

Fique por dentro!

Cadastre-se para receber notícias e novidades do meu mandato.

Faça sua doação

Conheça o #AGENTEqueFAZ, nosso programa de voluntariado para distribuição de cestas básicas .