Alexis Fonteyne participa do evento “Indústria em Debate: por uma reforma tributária ampla”

A crise gerada pela pandemia da covid-19 levantou o alerta para a urgência que temos em resolver o principal gargalo que dificulta a competitividade do Brasil: o complexo e oneroso sistema de cobrança de impostos, que reflete diretamente nas empresas, investimentos, empreendimentos e impede o desenvolvimento econômico e social do país.

Diante da necessidade de discutir os caminhos para uma reforma tributária ampla, o Correio Braziliense, em parceria com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) promoveu, na manhã do dia 8 de junho, o seminário virtual Correio Talks com o tema “Indústria em debate: por uma reforma tributária ampla”.

O evento foi gravado nos estúdios da CNI e teve transmissão ao vivo pelas redes sociais do Correio Braziliense. A mediação foi feita pelo Editor executivo do Correio Braziliense, Vicente Nunes e reuniu especialistas, lideranças do setor e autoridades para um debate sobre essa agenda essencial para o crescimento sustentado da economia brasileira.

O Deputado Federal Alexis Fonteyne (NOVO-SP), foi um dos painelistas convidados. Também participaram do evento: Armando Monteiro, Conselheiro Emérito da CNI; Melina Rocha, Professora e Consultora Especializada em IVA/IBS; Bernard Appy, Diretor do CCiF (Centro de Cidadania Fiscal); Ricardo Barros, Deputado Federal (PP-PR) e Roberto Rocha, Senador da República (PSDB-MA) e Presidente da Comissão Mista da Reforma Tributária.

A necessidade de mudanças amplas em nossa legislação tributária foi consenso entre os debatedores. Todos anseiam por uma reforma tributária que simplifique e torne mais racional a cobrança de taxas, impostos e tributos por parte dos governos federal, estadual e municipal.

Para Alexis Fonteyne, a reforma tributária deve ser aprovada pelo Congresso Nacional diante de uma visão sistêmica, que seja capaz de reduzir o nível de complexidades e custos para o cidadão brasileiro. O parlamentar defendeu a instituição de um novo sistema de tributos no país mais transparente e igualitário, que possa diminuir distorções e reduzir o custo para a sociedade.

Fonteyne ressaltou a urgência da reforma tributária para que o país consiga se posicionar “na mesma página de competitividade que as maiores economias do mundo”. Segundo ele, as mudanças que acontecerem terão um profundo impacto social, porque vão resultar na geração de mais postos de trabalho e farão com que a indústria nacional aproveite melhor o seu potencial.

Confira o evento na íntegra:

Leia mais!

Acompanhe e Compartilhe!

Me siga nas redes sociais.

Fique por dentro!

Cadastre-se para receber notícias e novidades do meu mandato.

Faça sua doação

Conheça o #AGENTEqueFAZ, nosso programa de voluntariado para distribuição de cestas básicas .